Economia

Plataforma de empréstimos da Solana confisca ativos de baleia

O Solend, uma plataforma de empréstimos nativo da rede Solana (SOL), vai confiscar e controlar os criptoativos da maior baleia do protocolo, cujas posições estão supostamente ameaçando a estabilidade da plataforma e dos tokens associados.

A decisão foi tomada por meio de uma votação, onde 97,5% foram a favor da proposta, que remove os direitos de propriedade da baleia sobre os seus ativos.

A votação concedeu “poderes de emergência” para as pessoas que controlam a plataforma, que se provou não ser resistente à censura, controle de capitais ou expropriações, como é o caso do Bitcoin (BTC).

Liquidando os ativos

Cerca de US$ 20 milhões em tokens SOL da baleia serão liquidados em mercados de balcão para não provocar outra correção do criptoativo, que acumula mais de 90% de perda desde o seu topo histórico.

A instituição responsável por executar a decisão afirmou que entrou em contato com a baleia via Twitter e on-chain, porém não consegui resposta:

“Apesar de nossos esforços, não conseguimos fazer com que a baleia reduzisse seu risco ou mesmo entrar em contato com ela. Com a forma como as coisas estão tendendo com a falta de resposta da baleia, é claro que ações devem ser tomadas para mitigar o risco.”

A decisão provocou reações negativas de muitos do mercado, que apontaram o quão absurda é a decisão, bem como o nível de centralização do projeto e os poderes dos desenvolvedores.

Algo semelhante jamais poderia ocorrer com o Bitcoin por conta das suas características únicas de resistência à censura e descentralização.

A situação destacou como a democracia pode ser altamente destrutiva, visto que o interesse da maioria não necessariamente é a escolha moral ou de melhor interesse dos envolvidos. 

Esta decisão certamente manchará ainda mais a imagem das altcoins e da rede Solana, que vem enfrentando uma série de problemas de instabilidade. Em certa ocasião, a rede chegou a pausar a emissão de blocos para que um problema fosse corrigido.

Qual sua opinião? Deixe na seção de comentários abaixo.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo