Bitcoin

Mineradora de Bitcoin (BTC) CleanSpark adquire 1061 ASICs

A empresa de mineração de Bitcoin (BTC) CleanSpark Incorporated (Nasdaq: CLSK) acaba de adicionar 93 petahashes por segundo (PH/s) de poder de computação à sua capacidade de mineração por meio de uma recente aquisição, em um comunicado de imprensa enviado à Bitcoin Magazine.

A CleanSpark comprou 1.061 máquinas Whatsminer M30S que estão atualmente operando nas instalações de co-localização de energia renovável da Coinmint. Esta compra marca a segunda grande aquisição de mineradores da CleanSpark no mês. Em junho, a empresa anunciou a aquisição de 1.800 unidades Antminer S19 XP por meio de um contrato de compra intermediado pela Cryptech Solutions.

“Estamos vendo oportunidades sem precedentes neste mercado”, disse Zach Bradford, CEO da CleanSpark. 

“Nossa abordagem híbrida testada e comprovada de colocar nossas máquinas enquanto expandimos nossas próprias instalações de mineração nos coloca em uma excelente posição para aumentar de forma sustentável nossa capacidade de mineração de bitcoin no que está se tornando um mercado incrível para construtores.”

De fato, a capacidade de mineração do CleanSpark aumentou 47% nos últimos seis meses, enquanto sua produção mensal de bitcoin testemunhou um aumento de 50% devido à expansão agressiva da taxa de hash, de acordo com o comunicado.

“Esses KPIs importantes ressaltam o fato de que nosso crescimento está superando o hashrate global, particularmente nossa capacidade de ficar à frente dos ajustes de dificuldade da rede”, disse Bradford. 

“Acreditamos que nossa estratégia operacional focada em eficiência, tempo de atividade e execução permitirá que essas métricas melhorem continuamente.”

Leia mais: Terceira maior petroleira da Rússia vai minerar Bitcoin (BTC)

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo