BitcoinEconomiaFinanças

60 empresas vão se integrar ao Bitcoin em Santa Lúcia, Honduras

A cidade turística de Santa Lúcia, em Honduras, vai se tornar um hub para o Bitcoin (BTC) no país, com o projeto sendo nomeado como Bitcoin Valley. 

O principal objetivo da iniciativa é atrair turistas para a região, que poderão pagar via bitcoin em dezenas de comércios locais. Cerca de 60 empresas já confirmaram que vão se integrar ao criptoativo.

“Aceitar bitcoin nos permitirá abrir outro mercado, conquistar mais clientes”, disse César Andino, proprietário de empresas turísticas em Santa Lúcia.

“Temos que globalizar. Não podemos nos isolar da tecnologia e não podemos ficar para trás quando outros países já estão fazendo isso.”

Os proprietários de empresas na região vão receber treinamento sobre o uso do bitcoin, bem como o procedimento para aceitar o criptoativo em seus comércios.

O projeto está sendo desenvolvido em parceria com a Blockchain Honduras, a exchange Coincaex e a Universidade Tecnológica de Honduras.

Os comerciantes poderão aceitar bitcoin e receber em moeda fiduciária, o que pode atrair mais empresas para a iniciativa.

Próspera se integra ao Bitcoin

Durante a conferência Bitcoin 2022 em Miami, Samson Mow, ex-CSO da Blockstream e fundador da Jan3, anunciou que mais duas regiões estão adotando o bitcoin: a cidade de Lugano, na Suíça, e Próspera, em Honduras.

Próspera, uma região autônoma privada em Honduras, buscar ser principalmente um centro regulatório para empresas do mercado:

“A partir de hoje, a Jurisdição de Próspera pode capacitar outros municípios em Honduras ou outras empresas ou subdivisões políticas fora dos Estados Unidos a emitir Bitcoin Bonds de dentro da Jurisdição de Próspera.

Este instrumento financeiro incrivelmente inovador, criado por Samson, é uma ótima forma de trazer investimentos estrangeiros para as partes do mundo que mais precisam.”

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo