EconomiaFinanças

Silêncio: Michael Burry está prevendo uma nova crise

Michael Burry, conhecido por prever a crise financeira de 2008 e lucrar apostando contra o mercado imobiliário, está prevendo uma nova crise para o mercado financeiro. Segundo Burry, o mercado não chegou ao fundo da sua correção.

Há algumas semanas, o fundo gerido por Burry, Scion Asset Management, se desfez de todas as suas ações, exceto uma. O fundo se desfez de ações de empresas, como Google e Facebook, e adicionou ações da Geo Group, uma companhia de assistência médica e outros serviços.

Mais recentemente, Burry twittou que o mercado não chegou ao fundo ainda:

“Não, nós ainda não chegamos ao fundo do poço. Fique atento às falhas, depois procure o fundo do poço. 2 SPAC ETFs falhando não é o suficiente.”

Burry destacou em outro momento em seu Twitter que os mercados mais frágeis já entraram em colapso, incluindo ações memes, criptoativos e empresas de aquisição de propósito específico (SPACs).

Nova crise global?

A crise no setor imobiliário  nos Estados Unidos foi responsável por desencadear uma crise global que afetou todos os mercados e países.

Uma recessão global jogaria o mundo em um cenário de estagflação, fenômeno verificado pela contração da atividade econômica e aumento da inflação.

A inflação, por sua vez, disparou em todo o mundo nos últimos meses, especialmente na Europa, à medida que a escassez de energia aumenta no continente.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo