BitcoinCriptoativos

Block desiste de registrar marca ‘Web5’

Cerca de seis horas depois de TBD, a subsidiária centrada no Bitcoin da Block, anunciou sua intenção de registrar o nome “Web5”, o controverso plano foi descartado pela companhia.

A TBD foi ao Twitter na terça-feira para anunciar sua intenção de buscar proteção jurídica para a marca ‘Web5’, para garantir “garantir que o termo seja usado como pretendido”.

O Web5 – uma suposta plataforma descentralizada da web que permitiria aos usuários o controle direto sobre a identidade e os dados pessoais – foi anunciado em junho de 2022, com Jack Dorsey dizendo na época que “essa provavelmente será nossa contribuição mais importante para a Internet”.

A ideia era construir a próxima iteração da internet que combinaria o modelo legado da Web2 e a nova concepção da Web3, permitindo que os desenvolvedores escrevam aplicativos da Web descentralizados (DWAs) usando identificadores descentralizados (DIDs) em execução no blockchain do Bitcoin.

A decisão de registrar o termo “Web5”, de acordo com TBD, embora não pretenda “impedir que outros usem o Web5”, veio em resposta ao desejo de “estabelecer uma forma inicial de defender seus princípios”.

“Estamos trabalhando em maneiras de permitir usos comerciais e não comerciais da “Web5“, desde que os participantes respeitem o significado do termo e mantenham seus principais atributos”, disse TBD em comunicado.

O registro do termo foi recebido com uma resposta neutra da comunidade. Muitos comentaristas notaram que isso iria contradizer a própria ideia de uma internet descentralizada.

“Nada diz ‘livre e descentralizado’ como uma organização escolhendo quem é ‘livre e descentralizado'”, disse um usuário.

“Bem-vindo à verdadeira web descentralizada. Você precisará de nossa permissão para poder usar o termo web descentralizada… não consigo mais distinguir a verdade da sátira”, acrescentou outro.

Em uma tentativa de justificar a mudança, o líder do projeto TBD, Mike Brock, afirmou:

“Vamos colocar a marca sob o controle de uma organização independente, que não pertence ou é controlada pelo Block ASAP. Vimos pessoas tentando vender tokens “Web5” em exchanges e cassinos e pessoas tentando vender NFTs como “Web5”. Não vamos ficar sentados”

De acordo com Brock, a TBD colocaria a marca registrada da Web5 “sob o controle de uma organização independente, que não pertence ou é controlada pela Block”.

“O Web5 não tem nenhum benefício comercial direto para o Block. Tudo o que estamos fazendo é 100% open source, e nosso objetivo é criar uma organização comunitária independente e/ou doar protocolos para órgãos de padronização. Mas não vamos permitir que golpistas operem sob o Web5”, acrescentou Brock.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo