BitcoinCriptoativos

Fundos da FTX foram obviamente roubados, afirma CEO da Coinbase

O presidente-executivo da Coinbase, Brian Armstrong, comentou na sexta-feira sobre o colapso da exchange FTX, que possui US$ 8 bilhões em dívidas com seus credores.

Armstrong disse que não há como bilhões de dólares simplesmente terem escapado do fundador e ex-CEO da FTX, que se formou em física no Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

“Não me importa o quão bagunçada seja sua contabilidade… você definitivamente notará se encontrar $ 8 bilhões extras para gastar”, afirmou ele no Twitter.

“Mesmo a pessoa mais ingênua não deveria acreditar na afirmação de Sam de que isso foi um erro de contabilidade.”

O CEO da Coinbase afirmou como acreditava que a incompatibilidade no balanço da FTX foi criada.

“É o dinheiro roubado do cliente usado em seu fundo de hedge, puro e simples”, escreveu Armstrong.

Após o colapso da FTX, foi alegado que US$ 10 bilhões em fundos de clientes foram secretamente transferidos para a Alameda Research, um fundo co-fundado por Bankman-Fried, segundo reportagem da Reuters.

Mas Bankman-Fried, também conhecido como “SBF”, afirmou que não “conscientemente misturou fundos”.

SBF explicou que os fundos dos usuários da FTX que depositavam dinheiro em suas contas estavam sendo enviados para a Alameda porque alguns bancos estavam mais dispostos a trabalhar com um fundo de hedge do que com uma bolsa de criptomoedas.

Isso fez com que alguns ativos fossem contados duas vezes à medida que as contas dos usuários eram creditadas, afirmou.

Desde então, a FTX foi descrita como uma empresa com controles corporativos defeituosos por John Jay Ray III, que supervisiona a falência da bolsa como seu novo CEO.

O proeminente advogado, talvez mais conhecido por lidar com o colapso da Enron, descreveu a situação da FTX como “sem precedentes”, e documentos judiciais revelaram que a bolsa não tinha um departamento de contabilidade.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo