Bitcoin

Grayscale é processada enquanto Bitcoin em fundo é negociado abaixo de US$ 10 mil

O fundo de hedge Fir Tree Capital Management, com sede em Nova York, entrou com uma ação contra a gestora de ativos digitais Grayscale Investments por “potencial má administração e conflitos de interesse” no principal fundo Bitcoin da empresa, que é o maior do mundo.

A notícia veio quando o desconto do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC) caiu para um recorde de mais de 43% do valor do Bitcoin na terça-feira. A Fir Tree alegou que isso é em parte o resultado da emissão da Grayscale de “um número imenso” de ações entre 2018 e 2021 sem fornecer aos investidores meios de sair de suas posições.

O GBTC é um veículo financeiro que permite aos investidores ganhar exposição ao BTC sem precisar comprar e manter o ativo sob custódia. Os ativos do GBTC são custodiados pela Coinbase, a maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos.

Historicamente, o GBTC foi negociado com um prêmio elevado, mas as coisas mudaram em fevereiro do ano passado, com as ações do fundo caindo gradualmente para um desconto acima de 40% no mês passado.

O fundo de hedge alega que não há razão legal para impedir que os investidores do GBTC convertam suas posições em dólares, desde que o fundo cumpra as leis de valores mobiliários.

Em sua reclamação, a Fir Tree, que administra US$ 3 bilhões, disse que cerca de 850.000 investidores de varejo foram “prejudicados pelas ações hostis aos acionistas da Grayscale”.

A Fir Tree também procura impedir que a Grayscale converta o GBTC em um fundo negociado em bolsa (ETF) de Bitcoin, algo que a empresa com sede em Connecticut estava buscando ativamente desde o ano passado.

“Essa estratégia provavelmente custará anos de litígio, milhões de dólares em honorários advocatícios, incontáveis ​​horas perdidas de gerenciamento e boa vontade com os reguladores”, disseram os advogados da Fir Tree na queixa.

Todas as tentativas de lançar um ETF Spot de Bitcoin nos EUA foram bloqueadas pela Comissão de Valores Mobiliários (SEC), que repetidamente negou ou adiou quaisquer solicitações recebidas, incluindo as da Grayscale.

Como resultado, a Grayscale processou a SEC em junho.

Além disso, a gestora contratou advogados, incluindo Donald B. Verrilli, ex-procurador geral dos Estados Unidos, e o escritório de advocacia Davis Polk & Wardwell, para apoiar a campanha contínua da empresa para converter seu fundo em um ETF aprovado pela SEC.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo