BitcoinEconomia

A Revolução do Bitcoin será maior do que o Renascimento Medieval – Renato Trezoitão

A Revolução Moral, Material e Tecnológica que será proporcionada pelo Bitcoin (BTC) será mais significativa do que o Renascimento Medieval, destaca Renato Amoedo. 

Veja o vídeo completo no final do texto.

Renato Amoedo e Alam Schramm –autores do livro Bitcoin Red Pill– fizeram uma participação em uma live no canal Investimentos Digitais, onde uma série de assuntos foram debatidos pelo apresentador Edilson e seus convidados.

Em determinado momento da conversa, Renato destacou que o Bitcoin tem o potencial de desmonetizar –isto é– remover o prêmio monetário e de reserva de valor de uma série de ativos financeiros da economia.

Por exemplo, uma forma muito tradicional de se preservar valor no tempo no Brasil é através do investimento em imóveis. Uma vez que a população seguia crescendo vertiginosamente, acrescido do fato do país possuir um histórico de moedas fracas e inflacionárias, os investimentos imobiliários se tornaram progressivamente mais populares ao longo dos últimos séculos e décadas.

O mesmo processo ocorre com uma série de ativos financeiros, como ações, commodities e títulos. Como destacado, o Bitcoin, o primeiro ativo líquido com oferta inelástica conhecido pela humanidade, tem o potencial de retirar o prêmio de reserva de valor do ouro e de uma série de ativos, tornando-os significativamente mais baratos e acessíveis:

“Quanto menor a materialidade, a utilidade e o valor uso do dinheiro, mais rica é a sociedade. Na hora em que o ouro deixar de ser reserva de valor, as pessoas vão utilizar ouro para outros fins menos nobres que vão nos tornar mais ricos.

Na hora que você desmonetizar ações, que você desmonetizar ouro, que você desmonetizar imóveis, tudo isso, as pessoas vão se tornar mais ricas em todos os aspectos, quando o bitcoin for realmente considerado a reserva de valor definitiva.”

Como consequência desse cenário, o ouro, que foi por muito tempo a principal reserva de valor da humanidade, tenderá a se tornar progressivamente mais barato quando for desmonetizado pelo Bitcoin. Dessa forma, isso terá impacto positivo na produção de processadores e demais indústrias onde o metal precioso é útil.

Segundo o autor, essa mudança de paradigmas tem o potencial de impulsionar a humanidade para uma nova era de crescimento e riqueza, superior ao renascimento medieval:

“E isso vai trazer para a humanidade uma revolução moral, tecnológica sem precedentes. Vai ser maior do que Renascimento Medieval.”

O Renascimento –que atingiu seu ápice por volta do século XVI– é tido por muitos historiadores como uma das grandes consequências de uma tecnologia que surgiu dois séculos antes: a Prensa de Gutenberg.

A Prensa de Gutenberg foi a primeira tecnologia funcional capaz de reproduzir textos e livros em larga escala (não sendo mais necessário um copista), sendo a responsável por baratear radicalmente o custo da informação e do conhecimento ao longo dos séculos.

Assim como Gutenberg, a invenção de Satoshi tem o potencial de levar a humanidade para sua próxima era de crescimento moral, material e tecnológico.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo