BitcoinEconomia

Rússia fornece eletricidade para mineradores de Bitcoin no Cazaquistão

A Rússia está procurando reforçar as demandas de energia do Cazaquistão em uma emenda à parceria entre as duas nações, como um meio de fornecer eletricidade aos mineradores de Bitcoin dentro do antigo estado-membro da república soviética. 

O desenvolvimento foi descoberto pela plataforma de mídia russa RBC em um relatório recente. De acordo com o documento, o governo russo exigiu uma modificação dos acordos binacionais de energia entre os dois países fronteiriços.

A emenda visa garantir o funcionamento paralelo dos sistemas energéticos dos dois países. Como produto da modificação recentemente projetada, a Rússia fornecerá energia suficiente ao Cazaquistão, especialmente para suas operações de mineração. 

A Rússia procura facilitar esse movimento por meio de uma de suas maiores empresas detentoras de energia, a Inter RAO. A relevância da Inter RAO neste movimento se deve ao fato de servir como o único contratante de importação e exportação de energia da Rússia.

A Inter RAO da Rússia celebrou um contrato comercial com a Kazakhstan Electricity Grid Operating Company (KEGOC). O contrato garantirá o fornecimento de energia ao Cazaquistão por meio de compra e venda entre as duas empresas.

Após a repressão da China às operações de mineração de Bitcoin em seu território, o país do leste asiático viu um êxodo de empresas do mercado. Este movimento beneficiou o Cazaquistão. 

Após uma crise de energia no Cazaquistão em janeiro, a estatal de energia cortou várias empresas de mineração – cerca de 200 – do fornecimento de energia do país. Embora essa desconexão tenha sido temporária, destacou a situação delicada do setor energético do país.

Apesar dessa indicação desfavorável, a maioria das empresas de mineração permaneceu no Cazaquistão.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo