BitcoinCriptoativosEconomia

Bitcoin (BTC) e criptomoedas em 2024: previsões para o ano

Entenda o que deve ocorrer no Bitcoin e no mercado de criptomoedas ao longo de 2024.

O Bitcoin (BTC), a principal criptomoeda do mercado, começou o ano de 2024 dando continuidade a alta observada ao longo de 2023. No ano passado, a principal criptomoeda mais que dobrou de preço após atingir o fundo na região dos US$ 16 mil.

Esta alta do bitcoin foi acompanhada por uma recuperação geral do mercado de criptomoedas. Mas afinal, o que esperar para o  ano de 2024? Confira as principais análises e perspectivas para o setor.

Bitcoin (BTC) em 2024

O Bitcoin, que vem sendo o melhor ativo financeiro da última década, passou por mais um mercado de baixa após atingir um topo de US$ 69 mil em novembro de 2021. Após isso, o preço da criptomoeda despencou mais de 70%.

O ano de 2023 iniciou uma recuperação, semelhante à observada ao decorrer de 2019. Se os padrões históricos da criptomoeda se repetirem, o bitcoin  deve continuar sua tendência de alta ao decorrer de 2024 e 2025.

Como pode ser observado no gráfico abaixo, o bitcoin vem passando desde a sua criação por ciclos de mercado, que duram em média 4 anos. Estes ciclos vêm sendo alinhados com base no having, que é um evento que reduz pela metade a emissão de novos bitcoins.

BTC / USD
Preço do Bitcoin. Fonte: Tradingview.

Halving do Bitcoin

O halving do Bitcoin é um evento que ocorre a cada 210 mil blocos minerados, cerca de 4 anos. O ano de 2024 será marcado pelo quarto halving da história do Bitcoin. A ocorrência do halving tende a provocar um choque de oferta no ativo digital, visto que a recompensa da mineração é cortada pela metade de um bloco para o outro.

Atualmente, 6,25 bitcoin são emitidos a cada bloco. No próximo halving, este número será reduzido pela metade. Naturalmente, o mercado está otimista para ocorrência do halving, dado o impacto potencial do evento no preço.

O Stock-to-Flow (S2F), modelo que prevê o preço do bitcoin com base na escassez, coloca o preço da criptomoeda acima dos US$ 400 mil para o próximo ciclo. Esta alta representaria uma valorização de quase 10x, com base no preço atual de US$ 45 mil.

Stock-to-Flow
Stock-to-Flow

ETF de Bitcoin

O mercado está aguardando de forma ansiosa a aprovação de um ETF de Bitcoin à vista nos Estados Unidos. A aprovação poderia potencialmente aumentar a demanda pela criptomoeda por parte de investidores tradicionais e instituições.

Diversas empresas solicitaram a criação de ETFs de Bitcoin nos últimos meses, incluindo gigantes financeiras, como Blackrock. O mercado aguarda agora um sinal positivo da SEC, instituição que regulamenta o mercado financeiro dos Estados Unidos.

Rede Bitcoin congestionada

Mempool
Mempool

O ano de 2023 ficou marcado devido ao constante congestionamento observado no Mempool do Bitcoin. Desde o começo do ano passado, centenas de milhares de transações aguardam inclusão nos blocos da rede.

Este congestionamento vem aumentando as taxas de transação e os tempos de confirmação.  Em alguns momentos ao longo dos últimos meses, as taxas ultrapassaram a faixa dos US$ 20 por transação.

Estes congestionamentos, que devem se tornar cada vez maiores ao longo do tempo, devem impulsionar o uso de redes de segunda camada, ou criptomoedas com maior escalabilidade on-chain. Neste contexto, Monero (XMR) e Bitcoin Cash (BCH) podem se beneficiar deste cenário.

Correlação com criptomoedas

Ethereum (ETH)
Ethereum (ETH)

O mercado de criptomoedas vem se comportando de forma correlacionada com o preço do bitcoin. Quando o principal ativo digital passa por altas e baixas, é comum que altcoins acompanhem o movimento.

Uma potencial alta do Bitcoin em 2024 deve certamente ser um catalisador para uma continuação do mercado de alta das criptomoedas.

Cenário macroeconômico

O cenário macroeconômico é majoritariamente favorável para uma potencial alta do Bitcoin. Após elevar as taxas de juros, o Federal Reserve e outros bancos centrais podem potencialmente reverter esta tendência, o que tende a apreciar o valor de ativos estáveis.

Max Keiser, uma conhecida baleia do Bitcoin, disse acreditar que a criptomoeda deve ser um porto seguro, em meio a um mercado financeiro fraco:

“Como venho dizendo, a recente queda nas taxas é temporária. Os títulos estão em um mercado baixista secular. As ações estão sobrecompradas. O mercado imobiliário está em uma bolha. O único porto seguro no mundo onde sua propriedade pode ser armazenada sem medo de confisco é o Bitcoin.”

Pensando a longo prazo, as moedas fiduciárias seguem em uma tendência de baixa constante, devido aos seus modelos de negócio insustentáveis.

Ethereum (ETH) em 2024

Vitalik Buterin - Criador do Ethereum
Vitalik Buterin – Criador do Ethereum

O Ethereum, a principal rede para execução de contratos inteligentes, segue firme como o segundo maior criptoativo do mercado. Em uma eventual recuperação do setor, o Ethereum deve se beneficiar, visto a importância do protocolo para o mercado.

Vitalik Buterin, desenvolvedor fundador da rede, publicou em seu X um roteiro de desenvolvimento para 2024:

Conforme destacou Buterin, o Ethereum deve ser implementado para melhorar a sua escalabilidade através da fragmentação de dados. O desenvolvedor apontou que as mudanças no protocolo devem se tornar menores ao longo do tempo, à medida que a rede se solidifica:

“Aqui estava o do ano passado. Observe que na verdade é bastante semelhante! À medida que o caminho técnico do Ethereum continua a se solidificar, há relativamente poucas mudanças. Vou passar pelos mais importantes.“

Notavelmente, o Ethereum vem passando pelos menos problemas de escalabilidade do Bitcoin. Em diversos momentos, as taxas de transação do protocolo ficaram em dezenas de dólares. Caso o problema de escalabilidade não seja amenizado no Ethereum, redes alternativas, como Solana e Bitcoin Cash, podem se beneficiar, conforme destacou Justin Bons, fundador da Cyber Capital.

Segundo Bons, os desenvolvedores do Ethereum abandonaram o roteiro de escala on-chain. No entanto, isto parece estar mudando, conforme demonstra a publicação anteriormente citada Vitalik.

Bons afirmou:

“Eu acreditei totalmente na promessa de fragmentação da ETH. Até mesmo apontando minha antiga fazenda de mineração para ela na primeira semana de lançamento em 2015. Como eu fazia parte da comunidade BTC que defendia o escalonamento L1. Então, quando a ETH abandonou a escala L1 até 2022, ela traiu para mim essa promessa fundamental de fundação”.

Tendencias para 2024

O mercado de criptoativos é um setor em constante evolução. Confira alguns nichos do mercado que devem se destacar ao longo de 2024.

Stablecoins

As stablecoins, que rastreiam o preço de moedas fiduciárias, alcançaram um valor de mercado superior a US$ 100 bilhões, número que destaca sua importância para a economia. O setor deve continuar crescente, dado a grande demanda e utilidade por dólares e outras moedas em redes blockchain.

Segundo Arthur Hayes, fundador da Bitmex, os bancos tradicionais devem se integrar cada vez mais ao mercado de stables, à medida que recebem autorizações para emitirem tais produtos financeiros.

A Tether Limited, empresa responsável por emitir o Dólar Tether (USDT), segue como líder disparada do setor, com o criptoativo alcançando mais de US$ 90 bilhões em valor de mercado.

Criptomoedas focadas em pagamento

À medida que a ideia de escalonamento on-chain foi abandonada na rede Bitcoin, isto abriu espaço para o desenvolvimento de outras redes que suprem a esta demanda de mercado. Conforme o Bitcoin alcança um estado de congestionamento constante, isto pode impulsionar outras criptomoedas, como o bitcoin cash, principal fork do Bitcoin, e outros ativos, como Litecoin.

Redes de segunda camada

Conforme Bitcoin e Ethereum passam por congestionamentos constantes, naturalmente parte do tráfego de transações deve migrar para redes de segunda camada, como a Liquid do Bitcoin e a Base, solução para o Ethereum.

Criptomoedas focadas em privacidade

Apesar de estarem sendo restringidas, limitadas e até mesmo proibidas, as criptomoedas focadas em privacidade podem ganhar espaço no mercado nos próximos anos, à medida que as CBDCs (Moedas Digitais de Banco Central) começam a entrar em circulação.

Atualmente, a principal criptomoeda de privacidade é o Monero, que diferente de redes como Bitcoin e Ethereum, ofusca informações sensíveis, como saldo de cada endereço e histórico de transações.

Criptoativos do mundo real (RWA)

Os criptoativos do mundo real são tokens que representam a posse de bens e ativos financeiros. Entre os ativos que podem ser registrados em blockchains estão moedas fiduciárias (stablecoins), commodities como ouro e prata, ações, títulos financeiros, propriedades imobiliárias e outros.

Estas tecnologias podem potencialmente aumentar a liquidez e eficiência dos mercados financeiros, fornecendo uma forma simples para transferir ativos de pessoa para pessoa sem fronteiras.

Resumo

No mercado financeiro, retornos passados não são garantia de retornos futuros. Portanto, não há nenhuma garantia de que o ano de 2024 será positivo para o setor. No entanto, os fatores fundamentalistas e técnicos estão alinhados para a continuação de uma tendência de alta para o Bitcoin e o mercado de criptomoedas de forma geral.

Boletim BTC

Boletim BTC é o primeiro portal brasileiro focado 100% em Bitcoin (BTC).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo