BitcoinEconomia

Com o Bitcoin, El Salvador será o país mais rico do mundo em 8 anos

El Salvador, um pequeno país latino-americano, repleto de belas praias e imponentes vulcões, que há muitos anos sofre com a falta de perspectiva, pobreza e alta criminalidade -não muito diferente de outros países do nosso continente-, está depositando seu futuro na revolução monetária e financeira iniciada pelo Bitcoin.

O mundo voltou os olhos para El Salvador em junho deste ano, quando Nayib Bukele, presidente do país, apresentou a ideia de tornar o bitcoin a moeda oficial do governo salvadorenho ao lado do dólar americano.

A tramitação da Lei Bitcoin foi extremamente rápida,  já que Bukele possuía maioria do congresso salvadorenho, o Supremo Tribunal do país fôra destituído no início do ano com ajuda do parlamento e o governo não possuía um Banco Central, visto que eles utilizam o dólar americano como moeda desde o início dos anos 2000.

Dado este cenário, o cripto-ativo, a maior rede monetária descentralizada do mundo, foi adotada como moeda legal por El Salvador em 7 de Setembro, quando a Lei Bitcoin entrou em vigor.

Bitcoin Beach

Mesmo antes das iniciativas do governo salvadorenho, o país já era noticiado pela mídia como um caso curioso de adoção espontânea do bitcoin, não somente como reserva de valor, mas como meio de troca.

A Bitcoin Beach, uma praia salvadorenha ficou famosa pelo número de vendedores que aceitavam bitcoin como pagamento pelos seus produtos e serviços. De certa forma, a Bitcoin Beach foi um experimento para El Salvador, e El Salvador será um experimento para o mundo.

Adoção em massa

As medidas do governo para adotar o bitcoin não se limitaram apenas à aprovar uma legislação cripto-amigável. Confira as coisas que foram e estão sendo feitas pelo governo de El Salvador para se integrar à rede BTC.

  • Doar US$30 em bitcoin para cada salvadorenho que baixar a carteira do governo
  • Criar uma carteira integrada à Lighting Network
  • Comprar 1691 btcs (até o momento) para o governo
  • Instalar centenas de caixas eletrônicos de bitcoin
  • Iniciar uma mineradora de Bitcoin movida à energia geotérmica de vulcões (já em funcionamento)
  • Permitir um ambiente regulatório extremamente favorável para cripto-empresas

Para muitos entusiastas do Bitcoin, é muito provável que criptomoeda se torne o principal ativo de reserva mundial, o ouro do século XXI, o ativo final, como diria o economista Fernando Ulrich.

No ritmo de crescimento atual, o bitcoin ultrapassará o ouro em 4 anos e o dólar americano em 8, fazendo que os esforços de El Salvador sejam recompensados, e com que o país se torne um dos mais ricos e prósperos do mundo.

O que você pensa sobre a adoção de El Salvador? Deixe na seção de comentários abaixo.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo