Bitcoin

Daniel Fraga – A saga do bilionário do Bitcoin (BTC) que desafiou o estado e venceu

Conheça a história do possivelmente bilionário Daniel Fraga, uma das primeiras pessoas a falar sobre o Bitcoin (BTC) no Brasil –o homem que desafiou o estado e desapareceu–.

A história de Fraga

A história pública de Daniel Fraga se iniciou no ano de 2010, quando ele começou a postar os primeiros vídeos em seu canal do YouTube

Inicialmente, Daniel não mostrava o seu rosto, e seus vídeos tinham como objetivo expor o descaso da prefeitura da sua cidade, evidenciando ruas esburacadas, lixo nas calçadas e sinalizações de trânsito erradas.

Por volta de junho de 2010, Fraga começou a falar publicamente contra agentes do estado. Em certo vídeo, ele criticou o prefeito da cidade na época, Gilberto Kassab, por conta do descaso da prefeitura.

Daniel Fraga foi provavelmente a primeira pessoa no Youtube brasileiro a falar ativamente sobre o libertarianismo e sobre o anarcocapitalismo, ideologias políticas que prezam pelo respeito à propriedade privada, à liberdade individual e ao não uso de coerção.

Ao defender a sua ideologia, Fraga influenciou a criação de um movimento que se tornou relativamente popular no Brasil, especialmente entre os mais jovens. Kim Kataguiri, um dos deputados mais jovens eleitos na história brasileira, afirmou que Fraga o influenciou nas suas ideias liberais durante um episódio no Flow Podcast.

-Eu comecei fazer os vídeos assistindo os vídeos do Daniel Fraga, que era libertário. – Kim

-Que é foda o Daniel Fraga – Igor

-Vocês conhecem o Daniel Fraga? – Kim

-Claro, tá de sacanagem? – Igor

-Esse cara é tipo um herói, por que ele peitou o estado de certa forma – Monark

Por ter lutado contra o estado brasileiro, Fraga se tornou uma lenda da internet, da comunidade libertária brasileira e do Bitcoin (BTC).

Por volta de 2012, Daniel Fraga postou o primeiro vídeo sobre Bitcoin do Youtube brasileiro com o título: “Bitcoin é melhor que dólar”, onde ele descrevia sobre as características superiores do criptoativo. 

Relatos ainda apontam que Fraga já falava sobre o Bitcoin em fóruns desde 2011. A criptomoeda desempenhou um importante papel na sua história, e foi uma ferramenta fundamental para desafiar a justiça brasileira.

Daniel Fraga e a luta contra o estado

Em março de 2012, Fraga postou um vídeo comentando o caso do jornalista Ricardo Gama, um advogado que foi indiciado por calúnia e condenado a pagar uma multa de R$ 10 mil por falas relacionadas a um parlamentar do Rio de Janeiro.

Foi então que a Deputada Cidinha Campos, uma parlamentar na época, proferiu uma série de ofensas e acusações contra o jornalista, que havia sido vítima de uma tentativa de homicídio. Em vídeo, Ricardo Gama respondeu as acusações, que Cidinha Campos usou para processá-lo.

Foi então que Fraga fez um vídeo resposta, chamando Cidinha de “vagabunda” e “parasita”.

“Por que essa deputada, que é uma verdadeira vagabunda sim, e se quiser pode me processar também […]”.

E foi aí que começou a primeira batalha judicial de Daniel Fraga contra Cidinha Campos e o estado brasileiro. Daniel seguiu expondo os detalhes do processo e continuou cada vez mais fazendo críticas a políticos e funcionários públicos.

Após ter alguns memes e publicações censuradas por criticar um candidato à prefeitura de São José dos Campos, Fraga começou a criticar também o poder judiciário por censurar os seus conteúdos, ressaltando a falta de legalidade e respeito à liberdade de expressão do país.

Foi então que Fraga foi processado também por um juiz, que pediu a retirada de vídeos da internet. O juiz impôs uma multa de R$ 40 mil por dia. Daniel pediu então para que seus inscritos baixassem os seus vídeos e disponibilizassem ele em outras plataformas para que eles não fossem censurados.

Em certa ocasião, Fraga chegou a lançar um desafio onde iria sortear 1 bitcoin para canais que postassem vídeos criticando a deputada Cidinha Campos.

“Pessoal, para quem está acompanhando o canal, sabe que eu estou sendo processado pela deputada estadual Cidinha Campos, do Rio de Janeiro, onde eu fui praticamente ameaçado de ter que pagar uma multa de 50 mil reais caso eu não retire os meus vídeos. Eu não vou retirar nada e não vou pagar nada. Eu vou é causar um dano político à candidatura dela. […]

Eu vou lançar um concurso, ou melhor, um desafio. Eu desafio qualquer pessoa de qualquer canal a fazer um vídeo contra a Cidinha Campos e contra a sua censura.”

Por não conseguir retirar os vídeos, que ainda permanecem no Youtube, o processo movido pelo juiz foi arquivado.

“Você trabalha para a máfia”?

Após mais um processo movido pela Cidinha Campos com uma multa exorbitante, Fraga persistiu afirmando que não pagaria nada, e que todo o seu patrimônio estava em Bitcoin (BTC), isto ainda em 2014.

Em certa ocasião, Fraga filmou dois agentes do estado que foram lhe entregar uma intimação judicial, que se tornou um dos seus vídeos mais vistos no Youtube.

-Gravo quando quero, eu to na minha casa, qual que é o problema?

-Daniel, é só uma intimação para você.

-Não, intimação você joga aí, eu posso ignorar.

-Você vai receber ou não vai?

-Não, não vou receber nada.

“Manda para o juiz, cara. É o trabalho de vocês. Tô falando, você trabalha para a máfia, uma máfia estatal, para ficar coagindo pessoas pacíficas […] Olha lá, arma na mão, arma na mão”.

“Eu acho que dessa forma vocês passam a entender melhor o que eu falo aqui, quando eu falo contra o estado. Viram a arrogância do sujeito? O sujeito é pago com dinheiro arrancado do seu bolso, ou seja, através de imposto, roubo. […] Soldados naz* também estavam executando o seu trabalho.”

Após isso, o juiz conseguiu autorização para acessar a conta bancária de Daniel Fraga. Ao acessar a sua conta, foi encontrado um total de R$ 5,26. Daniel afirmou que deixou apenas o valor suficiente para a manutenção da conta para que a justiça tivesse o trabalho de acessar e não encontrar nada.

“Esses 5 reais eu dou de caridade para a deputada Cidinha Campos”.

Daniel Fraga postou mais alguns vídeos e desapareceu sem contar o motivo. Seu último vídeo foi postado em 2017 mostrando um Ovni que foi supostamente gravado em Ribeirão Preto (SP).

Apesar do sumiço, relatos e evidências apontam que Daniel Fraga está vivo e bem, aparecendo esporadicamente em fóruns de discussão, e alterando a descrição de alguns vídeos do seu canal.

Daniel Fraga e o Bitcoin (BTC)

Daniel Fraga certamente influenciou milhões de pessoas no Brasil, tanto na comunidade libertária quanto no Bitcoin. Mas apesar de provavelmente ter feito fortuna com o criptoativo, Fraga foi uma das pessoas a apoiar o hard fork do Bitcoin Cash (BCH).

Aparentemente, Daniel ainda apoia a tese de que o Bitcoin original está se desenvolvendo como uma reserva de valor, mas que o BCH é uma melhor alternativa para sistemas de pagamento.

No entanto, não se sabe quanto Daniel se expôs ao BCH, ou mesmo se chegou a converter o seu BTC no hard fork.

Leia mais: Brasil zera imposto sobre importação de mineradoras de Bitcoin (BTC)

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo