BitcoinCriptoativos

Poolin, pool para mineração de Bitcoin (BTC), congela saque de clientes

O Poolin, um dos maiores pools para mineração de Bitcoin (BTC) do mundo, anunciou o congelamento de saques de BTC e ETH dos seus clientes. Segundo relatado, a empresa está enfrentando problemas de liquidez em meio ao aumento nos saques dos criptoativos.

O Poolin é um pool de mineração com sede em Pequim, e é responsável por cerca de 10% do hash global do Bitcoin. 

Mas afinal, o que faz um pool de mineração?

Minerar um bloco sozinho na rede Bitcoin é uma tarefa altamente competitiva e custosa, inviável economicamente para mineradores pequenos. Para resolver este problema, os mineradores se unem em torno de uma cooperativa, que são os pools de mineração.

Os pools organizam o hashrate dos mineradores para encontrar a resolução dos blocos. Dessa forma, as recompensas da mineração são distribuídas proporcionalmente ao hashrate direcionado por cada minerador.

Os pools, por sua vez, lucram normalmente com uma taxa de administração dos fundos.

Congelamento dos saques

O Poolin confirmou que está “enfrentando alguns problemas de liquidez” em meio a um aumento nos saques. No entanto, os ativos minerados a partir daqui continuarão com as retiradas normalmente.

Mas é importante ressaltar que a confiança na empresa já está abalada. Este movimento pode provocar uma queda no hashrate da pool.

Não foi informado se a companhia teve problemas com empresas de rentabilização de criptoativos, como Celsius e 3AC.

Leia mais: Petroleiras e mineradoras da Rússia estão faturando US$ 79 milhões em BTC por ano

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo