BitcoinEconomia

Coração da África se tornará centro para o Bitcoin (BTC) – confira plano

A República Centro-Africana (CAR), o segundo país do mundo a adotar o Bitcoin (BTC) como moeda legal depois de El Salvador, planeja tornar o seu território um hub amigável para atrair negócios e entusiastas do setor para o país.

A iniciativa, batizada de Sango, foi iniciada pela Assembleia Nacional do CAR com apoio do presidente Faustin-Archange Touadéra, por meio de um documento de 24 páginas detalhando os objetivos do projeto. 

A Sango busca “abrir o caminho para um futuro digital de infinitas possibilidades”, de acordo com sua página da web

Touadéra twittou em apoio a Sango na terça-feira.

Além de construir um hub legal para o Bitcoin e o mercado de criptoativos reconhecido por seu parlamento, o projeto pretende levar “o legado Bitcoin para o próximo nível” e instituir uma “zona econômica de criptomoedas” na Ilha Sango – onde os usuários poderão propor, visualizar e contribuir para os seus desenvolvimentos futuros.

De acordo com o documento, os planos do CAR incluem “facilitar a aquisição de terrenos em bitcoin para investidores em todo o mundo” e criar um Banco Nacional Digital. O governo disse no documento que também vai “apoiar totalmente” o acesso aos recursos naturais do país, como ouro, diamantes, urânio, lítio e petróleo.

A estrutura legal da Sango incluirá um programa de residência eletrônica, cidadania por investimento, registro de negócios on-line e sem imposto de renda ou corporativo, de acordo com o documento. O CAR planeja elaborar esse quadro jurídico dedicado antes do final de 2022.

O documento também menciona a criação de uma carteira Bitcoin para enviar, receber e armazenar BTC que será compatível com a Lightning Network, protocolo de segunda camada do Bitcoin para pagamentos mais baratos e rápidos.

A CAR também planeja finalizar a interconexão de internet do Central African Backbone (CAB) antes do final do ano para impulsionar sua “toda a transformação digital”, afirma no documento.

O CAR no mês passado se tornou o segundo país do mundo a adotar o bitcoin como moeda legal depois que El Salvador foi pioneiro no cenário global com a Lei do Bitcoin em setembro de 2021.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo