Bitcoin

Jamais divulgue seu endereço para uma exchange (pela sua segurança)

Descubra por que você jamais deve informar o seu endereço residencial para exchanges de bitcoin e criptoativos durante o processo de Know Your Customer (KYC).

Uma parcela significativa dos indivíduos que investem no bitcoin são atualmente clientes de exchanges de criptoativos que exigem políticas de Know Your Customer (KYC) e Anti Money Laundering (AML).

KYC e AML são políticas exigidas normalmente por agências reguladoras para que instituições financeiras conheçam quem são os seus clientes, e para que os fundos e as operações não sejam utilizados para lavagem de dinheiro e outras supostas preocupações.

Neste processo, é comum que fintechs, exchanges e bancos digitais solicitem dos clientes documento de identificação, dados pessoais, e em alguns casos até mesmo endereço residencial. E é aí que pode estar um grande perigo para os investidores de bitcoin.

Os perigos do KYC

Ao informar o seu endereço residencial para um exchange, ela terá a informação de quanto bitcoin e criptoativos você provavelmente possui, e também se você tem o hábito de guardar estes ativos em uma carteira custodial.

Além disso, através da análise on-chain, é possível ver para qual endereço os fundos da exchange foram transferidos e se foram movimentados posteriormente.

Esses dados podem ser facilmente utilizados para promover sequestros e roubos de bitcoin estruturados.

Não é somente com a exchange e seus funcionários que você deve se preocupar. É comum que dados desse tipo sejam vazados ou roubados e posteriormente vendidos em mercados da dark web. Ou mesmo que eles sejam vendidos pelas próprias instituições financeiras.

O bitcoin, assim como o ouro, é um ativo que pode ser roubado através do uso de violência. Para mitigar este risco, é sempre importante cuidar muito bem das suas chaves e possuir algum esquema que inviabilize roubos, como possuir uma das chaves de uma carteira multi sig com algum custodiante de confiança.

Além disso, existem várias formas para se comprar bitcoin sem a necessidade de realizar KYC. Algumas alternativas são compras P2P, mineração e exchanges sem KYC.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo