BitcoinEconomia

Bitcoin vai bater o ouro como reserva de valor, afirma Michael Saylor

Segundo Michael Saylor, fundador e ex-CEO da Microstrategy, a ascensão do Bitcoin pode criar um caminho para a desmonetização do ouro. 

O ex-CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, não economiza em seu otimismo quanto ao Bitcoin. Segundo o executivo, o fim do ouro como uma reserva de valor no longo prazo está decretado pelo Bitcoin. 

Em entrevista ao Yahoo Finance Live, Saylor afirmou:

“A coisa mais inteligente que você pode fazer é vender todos os seus US$10 trilhões em ouro e investir em Bitcoin. O ouro é uma rocha morta. É o ativo com pior desempenho, sem discussão. Não há esperança para isso.”

Dono do domínio hope.com, a visão de Saylor sobre o valor do Bitcoin é focada no longo prazo, sendo um dos principais embaixadores do otimismo quanto ao ativo. O empresário não se intimidou diante do bear market que se aprofundou após as aquisições realizadas pela MicroStrategy. 

A empresa registrou uma receita trimestral de US$122 milhões no primeiro semestre de 2022, frente às projeções de US$126 milhões. A empresa “perdeu” US$919 milhões, sendo US$917 milhões relacionados ao seu estoque em bitcoin.

Saylor não acredita numa ideia de valorização constante do bitcoin, deixando claro que a volatilidade do criptoativo estará sempre presente face à estabilidade do ouro. Porém, Saylor acredita que a facilidade do Bitcoin ser adotado como moeda oficial por estados o coloca na frente dessa corrida de adoção. 

Saylor também vê que os tradicionais defensores do metal precioso não estão preparados para encarar o Bitcoin:

“Oponentes e especialistas convencionais não entendem de economia criptográfica, Bitcoin ou volatilidade.” 

Ray Dalio, está ao lado de Saylor nesse processo. Em maio de 2021, afirmou que possui bitcoins e que o ativo é semelhante a um ouro digital.

Enquanto esta matéria é escrita, a capitalização de mercado do bitcoin é de 461 bilhões de dólares, muito atrás da impressionante capitalização de mais de 11 trilhões de dólares que o ouro possui. Se Saylor e os otimistas quanto ao Bitcoin estiverem corretos, definitivamente é apenas o começo de uma longa jornada para o criptoativo.

Igor Sobrinho

Calvinista, capixaba, amante de artes, de comunicação e da computação. Cypherpunk e bitcoinheiro, passeio com meu cachorro nas horas vagas, amo minha esposa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo