BitcoinCriptoativosEconomiaMundo

Índia tem 115 milhões de investidores em criptoativos, segundo estudo

No recente relatório publicado pela KuCoin sobre o criptomercado indiano, chamado Into The Cryptoverse Report India, foi revelado que o número de indianos investindo em criptoativos estava na casa dos 115 milhões em junho de 2022.

O relatório da KuCoin, apontou que 115 milhões de indianos estão entre as pessoas que investiram em criptoativos no último semestre, representando 15% da população entre os 18 e 60 anos de idade.

De acordo com o relatório, o perfil dos que adentram no criptomercado está se tornando cada vez mais novo, com quase 40% dos investidores que entraram no primeiro trimestre estando entre os 18 e os 30 anos, com aumento de 7% em relação aos três meses anteriores.

Dos ingressantes de primeira viagem no mercado, 39% deles possuíam menos de 30 anos e ingressaram no último trimestre. 

No último mês, o CEO da KuCoin tem demonstrado um forte otimismo com o potencial do mercado indiano:

“A Índia respondeu por uma enorme quantidade de 5,6 milhões de novos clientes que a KuCoin adicionou no primeiro semestre de 2022.”

Acerca do sentimento do indiano sobre o criptomercado, um PR da Kucoin afirmou:

“A ambiguidade nas regulamentações governamentais tem sido um fator chave para dissuadir potenciais investidores. 33% relatam que a regulamentação do governo é uma preocupação ao considerar investir em criptomoedas. 

A segurança de investir em cripto também é uma preocupação para muitos, já que 26% se preocupam com os hackers serem uma ameaça e 23% temem não receber seu dinheiro de volta em caso de incidentes de segurança.”

O relatório se aprofunda na realidade indiana, mostrando que mais de 40% dos entrevistados não sabem como analisar um produto para iniciar seus investimentos no criptomercado, com 21% afirmando não saber como os ativos funcionam e 27% demonstrando insegurança com a volatilidade do mercado. 

Apesar do sentimento dos investidores estar em um nível moderado, as perspectivas do governo indiano para o lançamento de uma CBDC tem despertado a curiosidade do indiano comum em um mercado digital.

Igor Sobrinho

Calvinista, capixaba, amante de artes, de comunicação e da computação. Cypherpunk e bitcoinheiro, passeio com meu cachorro nas horas vagas, amo minha esposa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo