BitcoinCriptoativos

Governo argentino apreende US$ 8 milhões em equipamento de mineração

Uma operação da Receita Federal da Argentina foi responsável por apreender cerca de US$ 8 milhões em equipamentos para a mineração de criptoativos na sexta-feira (16).

A operação foi deflagrada em Mal del Plata, onde as autoridades do governo argentino encontraram uma fazenda de mineração que operava sem as licenças exigidas.

Conforme relatado, o governo encontrou a fazenda de mineração cruzando informações de importação dos equipamentos, que consistem principalmente em placas de vídeo.

“Como resultado das operações, foram verificadas 151 rigs de mineração com 936 placas de vídeo por um valor de mercado de 1,6 milhão de dólares.

As instalações pesquisadas consomem mais de 500.000 quilowatts de energia por mês com uma despesa de mais de 7 milhões de pesos.”

Argentina e o Bitcoin

A Argentina vive uma extensa crise econômica e monetária desde o início dos anos 2000. No entanto, a inflação do país vem se acentuando nos últimos 2 anos. A inflação oficial registrada no país está próxima a 80%.

O bitcoin e stablecoins tem se tornando uma alternativa para o povo argentino, que não só é prejudicado pela inflação, mas também pelos controles de câmbio que impedem a livre acumulação de dólares no país.

Segundo relatórios da empresa Chainalisys, a Argentina é o segundo país mais avançado na adoção do Bitcoin e do criptomercado, atrás apenas do Brasil.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo