Bitcoin

Noruega considera retomar impostos na eletricidade para mineradores de Bitcoin

O governo norueguês está analisando uma proposta para abolir a política de tratamento fiscal preferencial para data centers de mineração de Bitcoin.

O poder executivo em Oslo diz que as condições mudaram e que o país precisa da energia atualmente utilizada pelos mineradores.

A energia para os data centers estará, assim, sujeita à taxa geral do imposto sobre eletricidade, a mesma que se aplica a outras indústrias de serviços, disse o governo em um anúncio publicado esta semana.

O ministro das Finanças Trygve Slagsvold Vedum explicou o raciocínio por trás da mudança:

“Estamos em uma situação completamente diferente no mercado de energia agora em comparação com quando a tarifa reduzida para data centers foi introduzida em 2016.”

Em muitas áreas, o fornecimento de energia está agora sob pressão, o que faz com que os preços subam, elaborou Vedum. Ao mesmo tempo, o setor de mineração se expandiu na Noruega.

“Precisamos desse poder para a comunidade. O governo, portanto, descontinuará o esquema”, afirmou o membro do gabinete em Oslo.

As investigações mostraram que é praticamente impossível distinguir entre a energia elétrica usada para a cunhagem de moedas e a consumida pelos data centers para outros fins, observou também o governo.

O mais recente desenvolvimento ocorre após uma tentativa fracassada de proibir a mineração em maio deste ano. Um impulso nessa direção pelo Partido Vermelho de extrema esquerda no parlamento foi rejeitado pela maioria dos legisladores noruegueses.

Na época, eles também recusaram uma proposta de aumento de impostos sobre eletricidade para mineradores de criptomoedas.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo