BitcoinEconomia

Bitcoin (BTC) será ensinado em escolas da Argentina

Um total de 40 escolas de ensino médio da Argentina vão educar os seus alunos sobre o Bitcoin (BTC), de acordo com um relatório da Bloomberg.

A Bitcoin Argentina, uma Organização Não Governamental (ONG) fez uma parceria com a Built With Bitcoin para educar os alunos sobre a maior rede monetária descentralizada do mundo. 

Jimena Valone, coordenadora de desenvolvimento institucional do Bitcoin Argentina e líder do Projeto Escolas e Bitcoin, disse que “há um desejo de inovar, saber o que está acontecendo com Bitcoin e blockchain”.

Valone explicou:

“Tudo isso foi o ponto de partida para começar a pensar no projeto, que começa com 40 escolas, mas esperamos ter um grande número. Ele é projetado para atender cada vez mais instituições de ensino, de diversas características e regiões.”

Um relatório da Chainalysis mostra que a Argentina ocupa o segundo lugar na América Latina na adoção de criptomoedas, atrás da Venezuela. A Argentina também ocupa o décimo lugar globalmente. Espera-se que 4.000 alunos participem do programa.

“O conteúdo utilizado será variado, mudando a cada escola. A Argentina é um país diversificado, por isso é preciso pensar em cada contexto na hora de apresentar o material”, disse Valone.

Em abril, a Reuters informou que a Argentina estava experimentando uma taxa de inflação superior a 55% e, em 2019, uma política foi imposta aos cidadãos da Argentina que limitava a quantidade de pesos que poderiam ser trocados por dólares americanos, cerca de US$ 200 por mês.

“O financiamento descentralizado tem benefícios e vantagens que vão além da situação macroeconômica de uma região, como a Argentina e a inflação. A independência financeira, por exemplo, é uma dessas vantagens. As finanças são inerentes à vida.” – Disse Valone.

Por: Bitcoin Magazine

Estamos no Facebook, Twitter e Instagram.

Leia mais:

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo