BitcoinEconomia

Maior petroleira dos EUA vai começar a minerar Bitcoin (BTC)

A Exxon Mobil Corporation, a maior petroleira dos Estados Unidos e a segunda maior do mundo, deve começar a minerar Bitcoin (BTC) por meio do seu excedente energético, afirmaram fontes da Bloomberg.

A mineração de Bitcoin está cada vez mais se associando à indústria de petróleo, gás e usinas de produção de energia. O gasto energético é uma questão fundamental para a manutenção da segurança e dos incentivos do protocolo.

Estima-se que atualmente a mineração consuma mais recursos do que toda a Argentina, eletricidade que é direcionada para a proteção da maior rede monetária descentralizada do mundo, que possui mais de 100 milhões de usuários globalmente.

Devido à questões inerentes da produção de energia e extração de petróleo e gás, muita energia é literalmente jogada fora ou subutilizada nessas operações. 

Por exemplo, quando uma petroleira encontra poços de gás que estão longe demais para serem aproveitados, tornando inviável a construção de tubulações e infraestrutura para o transporte, este flare gás é literalmente queimado na atmosfera.

Com o Bitcoin, é possível que estes recursos sejam utilizados para produzir eletricidade localmente, que são então direcionados para a mineração.

As fontes da Bloomberg afirmaram que a Exxon Mobil está considerando criar operações de mineração em 4 países.

“A Exxon, a maior produtora de petróleo dos EUA, está considerando pilotos semelhantes no Alasca, o Terminal Qua Iboe na Nigéria, o campo de xisto de Vaca Muerta na Argentina, Guiana e Alemanha […]”, observa o relatório. 

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo