Bitcoin

142 mil bitcoins podem entrar no mercado em reembolso da Mt. Gox

As vítimas da implosão da exchange de Bitcoin (BTC) Mt. Gox agora podem optar entre diferentes maneiras para reaver os seus ativos, e podem receber em BTC, BCH ou dólares.

Os usuários da agora extinta exchange perderam centenas de milhares de bitcoins entre 2011 e 2014 devido a uma série de hacks e problemas associados.

Embora o incidente tenha causado a perda de mais de 700.000 BTC em 2014, menos de 150.000 moedas foram supostamente recuperadas e serão disponibilizadas para que os usuários reduzam algumas de suas perdas.

A opcionalidade pode tornar 141.686 bitcoins líquidos novamente, dependendo das escolhas dos usuários autorizados, representando uma nova ameaça de venda para um mercado já em baixa.

Os credores de Mt. Gox receberam uma correspondência datada de 6 de julho pelo advogado Nobuaki Kobayashi, o administrador nomeado no processo de reabilitação de Mt. Gox, que confirmou que ele estava “se preparando para fazer pagamentos” aos correntistas.

Além da forma de pagamento, os credores também devem escolher “se querem ou não receber um reembolso total antecipado”, observa o documento. Não foi estabelecido um prazo para o reembolso.

Dado que o preço do bitcoin era uma fração do valor de mercado atual de cerca de US$ 21.000, especulou-se na comunidade que muitos credores poderiam optar por descarregar seu bitcoin no mercado por dinheiro – direta ou indiretamente. 

Isso porque, mesmo que os detalhes não fossem compartilhados, o administrador supostamente liquidaria uma quantia equivalente de bitcoin para pagar os interessados ​​em receber em moeda fiduciária.

No entanto, o documento cita que o administrador pode definir um período durante o qual os credores não poderão movimentar os fundos recebidos.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo