Bitcoin

Senado do Paraguai ignora presidente e vai regular mineração de Bitcoin

O presidente do Paraguai vetou recentemente um projeto de lei que regulamenta a mineração de Bitcoin e o mercado de criptoativos. No entanto, o veto presidencial foi recentemente barrado pelo senado.

No total, 33 senadores rejeitaram o veto de Mario Abdo Benitez. O presidente havia argumentado que a atividade não trazia benefícios de emprego significativos para o país para justificar a sua ação.

Além de regular a mineração, o projeto também estabelece regras mais claras para a tributação das empresas  do setor.

Os legisladores argumentaram que o Paraguai pode se tornar um centro mundial para a mineração. O país é certamente o mais avançado na mineração de Bitcoin na América Latina, devido principalmente à abundância de recursos energéticos e aos baixos impostos.

A Bitfarms, uma das maiores empresas de mineração do mundo, anunciou no ano passado que iria estabelecer uma operação de 10 MW de consumo energético no país utilizando energia hidroelétrica.

O governo da Rússia concordou recentemente em estabelecer uma regulamentação para a mineração no país. O texto de regulamentação deve ainda ser apresentado em conjunto por membros do governo.

A mineração de Bitcoin é uma atividade essencial para a manutenção do protocolo Bitcoin. Os mineradores gastam poder computacional e eletricidade para proteger e alinhar os incentivos da maior rede monetária descentralizada do mundo.

Nos últimos anos, a mineração deixou de ser uma atividade predominantemente caseira, e ganhou escala industrial.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo