BitcoinCriptoativos

CEO da Binance promete implementar ‘Prova de Reservas’ após crise da FTX

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, disse na terça-feira que sua exchange apresentará em breve “provas de reservas”, como forma para garantir “total transparência” dos ativos da companhia.

“Os bancos funcionam com reservas fracionárias. As exchanges de criptomoedas não deveriam”, tuitou ele na terça-feira, menos de três horas depois de anunciar a intenção de sua empresa de comprar a FTX.

O tweet também veio menos de 48 horas depois que CZ anunciou que sua empresa estava vendendo suas participações no token FTT da FTX, citando “revelações recentes”.

A FTX, de propriedade do jovem bilionário Sam Bankman-Fried (SBF), observou um grande volume de saques no início desta semana, com rumores preocupantes circulando sobre o estado da companhia.

Embora a FTX e SBF tenham garantido aos seguidores que sua exchange era estável, a FTX acabou concordando com uma “transação estratégica” com a Binance para ajudar a combater uma “crise de liquidez”.

Isso gerou animosidade em relação à SBF por parte de clientes e seguidores, que acharam preocupante sua falta de transparência.

“Todas as exchanges devem ter provas transparentes de reservas, com painéis transparentes vinculados a dados/carteiras onchain”, twittou o apresentador da UpOnlyTV.

“Muitas vezes a estratégia da exchange é ‘confie em mim, mano’, certamente podemos fazer um pouco melhor do que isso”, continuou ele.

Como CZ colocou, uma “árvore Merkle” é uma estrutura de dados usada por blockchains para armazenar dados de transações.

Portanto, a “prova de reservas da árvore de Merkle” pode implicar em um sistema que prova que as participações de criptomoedas dos usuários da exchange são seguras e sólidas usando informações públicas.

Muitos líderes de empresas mostraram apoio à mudança, incluindo Ki Young Ju, analista on-chain da CryptoQuant que acompanha a carteira pública da Binance há anos.

“A Binance já foi 99% transparente com algumas carteiras frias/quentes, enquanto outras exchanges misturam ativos de clientes com carteiras de terceiros”.

Jeremy Nau, Diretor de Ativos Digitais da Armanino, já se ofereceu para implementar um sistema de prova de reservas em nome da Binance, usando provas Merkle-tree.

A empresa já fornece um serviço semelhante para a Kraken, que afirma possuir ativos superiores a 100% de suas obrigações.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo