Bitcoin

Conheça o Texugo do Mel, o animal símbolo do Bitcoin (BTC)

Conheça a história do texugo-do-mel, o animal que foi adotado como o símbolo do Bitcoin (BTC).

Apesar do seu pequeno tamanho e aparência inofensiva, o texugo-do-mel, também conhecido como ratel ou honey badger em inglês, é um dos animais mais resistentes e bravos conhecidos.

O animal ficou conhecido por um documentário do National Geografic, que criou o meme “honey badger don’t care” (texugo-do-mel não se importa).

Em uma narração não oficial do vídeo, o trecho do documentário mostra cenas chocantes do animal enfrentando e comendo tudo que aparece pelo seu caminho, como cobras venenosas, aves de rapina e um enxame de abelhas enquanto recebe centenas de picadas.

Em vários momentos o narrador repete: “o honey badger não se importa”, que ficou conhecido como o slogan do animal.

Relatos apontam que o honey badger, que é conhecido pelo seu gosto por mel, não se importa em receber centenas de picadas de abelhas. Quando chega ao seu limite, ele simplesmente desmaia, se levanta e volta a comer o mel e as abelhas mortas.

Você é um leão? O honey badger não se importa.

Mascote do Bitcoin (BTC)

O responsável por associar o animal ao Bitcoin (BTC) foi Roger Ver, que financiou em 2013 um um outdoor escrito: “Bitcoin – O texugo-do-mel do dinheiro”. Apesar da reclamação de que poucas pessoas entenderiam a referência, o animal se tornou símbolo e parte indissociável da cultura do Bitcoin (BTC).

A associação do Bitcoin com o animal se dá por conta das suas características de resistência e devido aos grandes desafios que são enfrentados por ambos. Enquanto o texugo-do-mel enfrenta diariamente enxames de abelhas raivosas e alcateias de leões, o Bitcoin luta com os principais focos de concentração de poder do mundo hoje, as elites do sistema financeiro e os governos ao redor do mundo.

Apesar de parecer inofensivo, ou até mesmo lento e fraco a um observador à primeira vista, ninguém pode parar o texugo-do-mel ou o Bitcoin. 

Ao longo dos anos, várias obras começaram a associar o texugo-do-mel ao Bitcoin, como os quadrinhos Bulltardia, e a capa do livro Bitcoin Red Pill.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo