Bitcoin

Análise on-chain: número de endereços de Bitcoin (BTC) cresce enquanto preço cai

O preço do Bitcoin (BTC) segue com baixa volatilidade, com o criptoativo sendo negociado na região dos US$ 30 mil. Mas apesar do sentimento de baixa do mercado e de boa parte dos analistas, um indicador on-chain está sugerindo uma melhoria significativa da adoção e dos fundamentos da rede.

O que é análise on-chain?

A análise on-chain consiste em observar e analisar os dados públicos e conhecidos da timechain do Bitcoin para conseguir insights sobre o movimento do mercado. Devido a transparência do protocolo, dezenas de indicadores podem ajudar os traders e investidores a se posicionar.

Uma métrica que vem se destacando desde novembro do ano passado é o Número de Endereços com Saldo Maior do que Zero.

Conforme a adoção do Bitcoin cresce e mais indivíduo e instituição realizam novos aportes, a tendência natural é que mais endereços sejam criados e utilizados no protocolo. Historicamente, o crescimento do número de endereços está correlacionado com o preço.

Conforme o número de endereços sobe, o preço segue o mesmo caminho. Observe o gráfico da Glassnode abaixo:

Análise on-chain - Bitcoin (BTC)
Número de Endereços com Saldo Maior do que Zero. Fonte: Glassnode.

Durante a alta de setembro a abril de 2021, o número de endereços com saldo saltou de cerca de 32 para 38 milhões. No entanto, após um período de estagnação, o indicador começou a subir em novembro de 2021, justamente quando o preço começou a cair para a região dos 30 mil dólares.

Como consequência, é possível estimar que o número de investidores individuais está crescendo, ou pelo menos que bitcoins estão sendo sacados de exchanges e sendo enviados para endereços únicos.

Este cenário é altamente positivo para o preço, visto que representa uma melhoria significativa dos fundamentos da rede que não está sendo precificada pelo mercado.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo