BitcoinMundo

Como tankar o Brasil?

Nos últimos meses, uma pergunta profunda, aparentemente retórica, surgiu nos recantos da internet. Afinal, como tankar o Bostil (Brasil)? E o que exatamente isso significa?

Essa pergunta começou a surgir em diferentes bolhas nas redes sociais, em grupos de facebook, no Twitter, Reddit e em chats privados. 

A natureza desta indagação está normalmente ligada à revolta dos brasileiros para com o “inacreditável” Brasil e suas instituições, que promovem ações e situações que são realmente difíceis de compreender e aceitar.

O que é tankar?

O termo “tankar” surgiu há alguns anos no mundo dos e-sports, e o verbo significa servir de “escudo humano” para absorver o maior dano possível, protegendo assim seus aliados.

Na atual definição, o termo tankar tem significado semelhante à “aguentar”, “suportar”, “acreditar” e afins.

Como tankar o Brasil?

Essa pergunta está permeando a sociedade brasileira, já inconformada com o seu governo e suas instituições.

Vamos a um exemplo prático de uma situação intankavel.

Recentemente, um restaurante foi obrigado judicialmente a pagar R$ 500 e 30 pizzas para um cliente que recebeu por engano um refrigerante ao invés de um suco, como relata um tweet do autor do livro Bitcoin Red Pill, que posteriormente questiona: 

“Quem empreende licitamente nesse país merece o quê?”

Como tankar essa decisão do judiciário e tantas outras situações inacreditáveis que acontecem nas terras Tupiniquins?

A alternativa

Apesar de nunca ter acompanhado o trabalho de Olavo de Carvalho, um vídeo do escritor compartilhado entre a comunidade Bitcoin chamou a minha atenção.

No vídeo, Olavo afirma que tentar mudar o sistema é uma tarefa inútil:

“Se você quer mudar o sistema, você é escravo dele. Você está vivendo em função dele. O importante não é mudar o sistema, é você criar outro sistema para você mesmo”.

Não à toa, o vídeo se espalhou entre os grupos da comunidade Bitcoin, que não foi criado para substituir o sistema financeiro e monetário, mas para torná-lo obsoleto.

Ao adotar o Padrão Bitcoin, você se torna um pouco mais livre de um sistema de escravidão.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo