BitcoinFinanças

Babel Finance perde 8 mil bitcoins alavancando fundos de clientes

A Babel Finance perdeu cerca de 8 mil bitcoins e 56 mil ETH de seus clientes devido a operações alavancadas de fundos gerenciados.

A Babel Finance, uma empresa focada no mercado de criptoativos voltada para a Ásia, interrompeu os saques na plataforma no mês passado devido a perdas relacionadas a operações com os fundos dos clientes.

Conforme relata matéria do The Block, o equivalente a US$ 280 milhões dos fundos da empresa foram liquidados conforme a volatilidade do mercado se acentuou.

“Naquela semana volátil de junho, quando o BTC caiu vertiginosamente de 30k para 20k, posições não cobertas em contas [de negociação proprietária] registraram perdas significativas, levando diretamente à liquidação forçada de várias contas de negociação e eliminou ~ 8.000 BTC e ~ 56.000 ETH”, afirma relatório sobre o ocorrido.

A empresa descreve o seu negócio de trades com criptoativos como “arriscado”, e que não conseguiu manter as suas posições alavancadas:

“Uma equipe de negociação proprietária opera várias contas de negociação não controladas ou monitoradas pelo departamento de negociação; nenhum mandato de negociação ou controles de risco foram implementados para essas contas; nenhum PnL [lucro e perda] foi relatado”.

Esta não é a primeira vez que a Babel estaria envolvida em problemas semelhantes. Relatórios vazados em 2020 demonstram que a empresa enfrentou riscos de liquidez durante a quebra do mercado em março daquele ano.

Conforme relatado, a Tether salvou a empresa, estendendo os prazos para as liquidações da Babel, que conseguiu se manter ativa.

Um porta-voz da empresa afirmou ao The Block que está “trabalhando em estreita colaboração com clientes, investidores e outras partes interessadas e consultores externos durante este período muito difícil do setor”.

Proteja seus bitcoins

Nos últimos anos, centenas de milhares de bitcoins custodiados por terceiros, principalmente exchanges, foram perdidos por hacks, operações alavancadas ou golpes.

Para evitar problemas relacionados à empresas, é importante manter sob sua posse os seus bitcoins.

Ao guardar as chaves privadas que dão direito a movimentar os fundos na timechain, o indivíduo possui soberania sobre o seu BTC, utilizando-o como um ativo ao portador, semelhante a guardar ouro físico em sua propriedade.

Nas próximas semanas, cerca de 142 mil bitcoins da falida exchange Mt. Gox devem ir a mercado em um reembolso da empresa, anos depois dos hacks associados.

João Souza

Chefe de conteúdo, analista de SEO e empreendedor. [email protected]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo