Bitcoin

Como trabalhar com Bitcoin (BTC)? – Descubra como entrar neste mercado

Descubra como você pode trabalhar com Bitcoin (BTC), a maior rede monetária descentralizada do mundo, bem como ganhar dinheiro nesta indústria que movimenta bilhões de dólares. 

O Bitcoin é uma rede aberta e descentralizada, assim como a Internet. Não em vão ele é chamado de Internet do dinheiro. Como uma invenção que rompeu com os paradigmas do que se considerava como dinheiro no passado, o Bitcoin está criando todo um novo segmento de mercado com diferentes negócios e indústrias que precisam a cada dia mais de pessoas envolvidas.

Independente da sua vocação, provavelmente encontrará o espaço em alguma das muitas áreas requeridas pelas empresas do setor. Mineradoras, exchanges, análise de dados, desenvolvimento e criação de conteúdo são alguns dos caminhos que podem ser seguidos ao adentrar no mundo do Bitcoin.

Ao final do texto, você encontrará alguns passos práticos que podem te ajudar a encontrar um emprego neste mercado.

Mineração de Bitcoin (BTC)

Grandes mineradoras são empresas com alto grau de complexidade, desde a sua estrutura operacional até a sua parte administrativa, precisando desde funcionários que realizam constantes manutenções em suas máquinas (ASICs), até daqueles que monitoram e gerenciam as instalações elétricas. 

Na área contábil, uma equipe qualificada é necessária para lidar com as constantes oscilações do bitcoin e os tão comuns ajustes de dificuldade. A preocupação ecológica não fica de fora, sendo necessário em certas operações em larga escala biólogos e engenheiros ambientais para medir os impactos ambientais da mineração, auxiliando as empresas a alcançarem resultados cada vez mais sustentáveis.

Além das mineradoras, ainda há as empresas que trabalham na fabricação e desenvolvimento de ASICs e de demais componentes utilizados pelas mineradoras, que exigem uma quantidade de funcionários maior e mais bem capacitados. Eletricistas, engenheiros de hardware e designers são requeridos.

Pensa em abrir sua própria mineradora? Saiba que a competição no mercado de mineração industrial torna o setor um dos mais dinâmicos do mundo do Bitcoin. No entanto, operações de pequena escala podem facilmente serem montadas sem muito conhecimento técnico.

O preço de compra das máquinas mais simples de mineração no Brasil é alto e requer um capital prévio, além de ser importante verificar se suas fontes de energia elétrica são baratas o suficiente para possibilitar lucro, que cobrirá o aporte inicial e o custo de manutenção das máquinas. 

Exchanges e mercado financeiro

Exchanges são as corretoras onde bitcoin e outros criptoativos  podem ser negociados, sendo o meio mais comum utilizado pela maioria das pessoas para comprar bitcoin. Também são os maiores contratadores do mercado. Este é um setor extremamente diverso, com forte concorrência e contato direto com o público geral. 

Profissionais que atuem facilitando a usabilidade e experiência do usuário são extremamente importantes, assim como engenheiros de testes e arquitetos de sistemas, com o objetivo de construir um ambiente seguro, estável e confiável para os usuários.

Corretoras estão constantemente publicando suas vagas no Linkedin.

A parte jurídica e contábil é crucial numa exchange para lidar com as questões regulatórias e custodiais das transações e valores. 

Um suporte 24 horas é essencial para responder eventuais dúvidas e dificuldades dos usuários, o que requer profissionais que provavelmente trabalharão em escalas, bom domínio da plataforma e boa capacidade de comunicação.

Muitas exchanges buscam alguém para ser a cara delas, atuando como um gestor de comunidades, fazendo uma ponte entre elas e o público comum.

Muitas são as empresas e fintechs do mercado tradicional que também estão buscando agregar soluções relacionadas ao Bitcoin. O Picpay, por exemplo, criou um novo setor dentro da empresa, só para se dedicar às negociações de Bitcoin implementadas na plataforma. 

Mercado Livre, Nubank, Santander, XP Investimentos e BTG Pactual são algumas outras empresas do mercado financeiro tradicional que começaram a se aventurar no mundo do bitcoin recentemente, e certamente outras empresas irão segui-las.

Análise de dados

A área de dados, que tem crescido em várias frentes, também é muito requisitada no universo do Bitcoin. Basta lembrar que a cadeia de blocos do Bitcoin não é nada além de um grande banco de dados, que pode ser explorado com diversas finalidades. Os dados estruturados podem ser utilizados por traders, exchanges, influencers, educadores do Bitcoin e mineradores.

As análises on-chain têm ganhado muito espaço no mercado brasileiro, consistindo na análise das movimentações das carteiras de Bitcoin através da blockchain.

As análises on-chain podem revelar uma série de correlações e causalidades com o preço do Bitcoin, ao observar o fluxo de novas carteiras criadas, movimentações dos holders mais antigos e fluxo de moedas saindo das corretoras para as carteiras.

Produção de conteúdo

Se você gosta de estudar sobre o tema e de ficar por dentro das novidades do Bitcoin, pode trabalhar em portais de notícia que estão constantemente procurando pessoas capacitadas e dispostas para produzir artigos, lives, vídeos e conteúdos visuais, de acordo com as necessidades requeridas. 

Você já possui experiência pessoal e bons contatos dentro do mundo do Bitcoin? Talvez esteja capacitado para oferecer alguma consultoria ou mentoria na área, assim como atuar em projetos e plataformas como um educador Bitcoin. Esses mercados têm crescido vertiginosamente, na mesma medida em que o interesse pelo assunto aumenta.

Tecnologia da Informação

O uso da programação no Bitcoin está em todo lugar. Você pode atuar em soluções para o protocolo ou para redes de segunda camada, como a Lightning Network, um novo mercado em ascensão dentro do Bitcoin.

As aplicações LN estão crescendo e necessitando de cada vez mais pessoas empenhadas em trabalhar aprimorando essas plataformas, já que muitas vezes são acessadas por pessoas com um conhecimento muito básico da funcionalidade do Bitcoin. 

O mercado de programação é competitivo, e tem se tornado cada vez mais exigente dentro e fora do Bitcoin, requerendo um bom raciocínio lógico e analítico, além de criatividade e capacidade de adaptação. No universo da programação as coisas mudam muito rápido, exigindo paciência, velocidade e proatividade do profissional. 

Integrar projetos de código aberto é um modo de tornar seu portfólio atraente para empresas, startups e projetos que queiram desenvolvedores para o mundo do Bitcoin.

Há a possibilidade também sonhada por muitos de contribuir para o Bitcoin Core, que é a principal versão do Bitcoin, mantido pelos mais importantes desenvolvedores da rede. 

Empreenda com Bitcoin

Como descrito, existe um mercado grande de produtos e serviços focados para o Bitcoin. Dessa forma, ao invés de você procurar por um emprego em uma empresa, é possível começar a empreender neste mercado.

Os segmentos são variados, estando principalmente relacionados ao setor financeiro, educacional e tecnológico. Fundos de investimento, exchanges, portais de notícias e educação e fintechs são alguns dos segmentos para você considerar.

Possui algum comércio online ou presencial? Em seu comércio, você pode aceitar bitcoin como meio de pagamento. 

A possibilidade de que você se torne um dos primeiros ou quem sabe o primeiro do seu segmento a aceitar pagamentos via Bitcoin é alta, sendo um mercado ainda em ascensão. Curiosamente, você chamará atenção não só dos seus clientes, mas também dos bitcoiners.

Seja um freelancer

Diversos sites, plataformas e comunidades precisam de indivíduos para realizarem serviços pontuais ou de maneira flexível, sem a necessidade de ter algum vínculo empregatício ou de pessoa jurídica, com indivíduos trabalhando para elas até mesmo utilizando pseudônimos.

Produtores de conteúdo (texto, áudio, vídeo ou imagem), programadores e desenvolvedores no geral estão entre as profissões mais comuns buscadas para freelances. 

Sites como XBTFreelancer, Bitlancerr, Coinality, Cryptogrid e BitGigs e Jobs4Bitcoin são bons caminhos para encontrar um trabalho temporário.

Como encontrar um emprego?

  • Uma rápida pesquisa por termos como “Bitcoin”, “cripto” e “Lightning Network” no LinkedIn já te leva em direção a uma série de vagas relacionadas;
  • O site Bitcoiner Jobs reúnem vagas de diversas empresas e startups da área;
  • A comunidade brasileira The Bitcoin Discord possui salas onde constantemente são divulgadas novas vagas;
  • Interação constante na comunidade Bitcoin ajuda a fortalecer networks e formar laços que podem gerar boas oportunidades;
  • O aprendizado de uma segunda língua como o inglês é importante, já que pode abrir portas para trabalhar para empresas estrangeiras.

Igor Sobrinho

Calvinista, capixaba, amante de artes, de comunicação e da computação. Cypherpunk e bitcoinheiro, passeio com meu cachorro nas horas vagas, amo minha esposa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo